exércitos

Diferente do War original onde os jogadores escolhem apenas as cores com que pretendem jogar, no War in Rio os participantes têm a fantástica possibilidade de escolher os exércitos de acordo com os grupos armados que utilizarão. Isso permite que os jogadores se envolvam ainda mais na partida, defendendo suas equipes de acordo com seus ideais.

(para que a partida possa chegar ao final, recomendamos que seja estabelecida uma pequena distinção entre realidade e entretenimento)

O BOPE é representado pelos exércitos pretos, o Comando Vermelho (CV) pelos exércitos vermelhos, a Polícia Militar (PM) é representada pelos azuis, as Milícias os exércitos brancos, o Terceiro Comando (TC) os exércitos verdes e os Amigos dos Amigos (ADA) ficaram com os amarelos.

7 comentários:

Leandro disse...

Boa tarde amigo Fábio.

Em apoio ao seu projeto criei uma comunidade no Orkut para manifestarmos nossa satisfação referente ao seu projeto, ficaria feliz em tê-lo como um de nossos membros, abaixo o link da comunidade:

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=42275444

Estamos anciosos para que vc comercialize esse jogo .. tente fazer um acordo com a GROW .. só falta pedir "Por favor e pelo amor de Deus" =D

Fique na paz

Att. Leandro Reis

Aeshio disse...

pow .. ficaria irado... se no lugar do Tanque .. vc colocasse o Caveirao no exercito preto?!

Aeshio disse...

pow .. ficaria irado... se no lugar do Tanque .. vc colocasse o Caveirao no exercito preto?!

Fleide disse...

Boa tarde, Fábio,

Parabéns pela criatividade e espírito de análise. Para que o jogo ficasse ainda mais original, talvez a inclusão de habilidades especiais para o BOPE e para a PM fosse boa, uma vez que esses exércitos têm apoio do estado. Os outros exércitos poderiam recrutar membros da PM e do BOPE através de uma habilidade de oferecimento de propina ou pela corrução. Algo como nos games eletrônicos, em que os diferentes exércitos têm tecnologias especiais a serem usadas em situações específicas.

Boa sorte,
Fleide Daniel

André Ghiorzi disse...

Permita-me uma sugestão para o seu brilhante projeto: as 6 faces dos dados seriam diferentes, os pontos serão computados por quantas pessoas serão "aliciadas". Cada face do dado seria um ato ilícito, nesta escala de pontuação: andar numa van ilegal (1), comprar um cd ou DVD pirata (2), jogar no "bicho" (3), comprar um "baseado" (4), comprar "pó"(5), subornar um policial(6). Com esta idéia, entra no jogo o cidadão, combustível do jogo. Parabéns pela idéia e pelo design!!

André Ghiorzi disse...

Ou melhor, a pontuação seria dada pela receita gerada por cada ato ilícito cometido pelo cidadão comum. Talvez isto alertasse as pessoas comuns para o fato de que agir de forma ilícita nesta ou naquela situação é o que alimenta o WAR.

Caio disse...

hauahuauhahu
Excelente
EU compraria
Isso porque acho WAR chato.

Eu me indago como ficaria um WAR São Paulo.

Parabéns. Muito interessante.